segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A religião dos Softwares

Com minhas postagens sobre diferenças, vantagens e desvantagens do Corel e do Illustrator percebi uma parcela de pessoas que defende até a morte o software que usa.

Claro que os que mais defendem são os seguidores da Adobe, pois o Mac, e por conseqüência o Adobe é uma ideologia...

O pacote Adobe sem sombra de dúvidas revolucionou o design gráfico e o Corel é o programa das massas, de 80% das gráficas, confecções, empresas de impressão digital... e ambos os fatos são inegáveis.

Eu pessoalmente acho difícil dizer no caso de Corel x Illustrator que um programa é superior ao outro, pois ambos tem características bem diferentes. Eles não são o mesmo programa.

Mas algumas pessoas são tão fanáticas pelo software que usa que se sentem ofendidos ao ouvir alguma critica. Pessoal, programa não é religião!

Eles são apenas instrumentos para alcançar determinado objetivo gráfico. Só isso.

Alguns usuários da Adobe defendem até a morte sua supremacia e alguns usuários do Corel estão tão fechados em seu mundo que não querem usar outro programa.

O bom profissional tem que ter humildade para admitir que nada, nem o programa que usa é perfeito. Tem que ter vontade de aprender, ampliar seus conhecimentos, mesmo que isso signifique mexer em um programa ao qual não está habituado, ou não simpatiza.

O bom profissional sabe aproveitar o melhor de cada programa e aplicar na hora certa.

2 comentários:

  1. Olá

    Li hoje o seu post (também conheci hoje seu blog). Concordo que exite esse ponto de vista "religioso" sobre software. Trabalho em gráfica e me sinto muito mais a vontade com o Corel, pois ele é extremamente produtivo, tem um ótimo gerenciamento de impressão para imposição de páginas, os poréns ficam por conta de travamentos não explicados e peso de arquivos com muito texto ou vetores. Gosto do Illustrator, muito mais depois da CS4, que nos deu opção de fazer várias páginas. Quanto ao pessoal que defende de corpo e alma o AI, que conheço vários, não adianta somente dizer que o programa é bom, tem que saber usar.

    ResponderExcluir
  2. Achei seu post hoje e lí vários artigos. Acho realmente estranho esses dois times, usuários de corel x usuários de Ai. É como falar de Palmeiras e Corinthias, cada qual defende seu software com unhas e dentes.
    O pessoal das agências faz pouco dos profissionais de impressão só por causa do Corel. É como se os "mano" usassem Corel e os acadêmicos o Illustrator. Acho que isso é puro preconceito, só isso.
    Uso Corel (usava) desde a versão 3.0 a recentemente comprei um Mac. Coincidentemente o meu antigo PC foi pro espaço 5 meses depois que o Mac entrou no meu escritório e sinceramente, não estou vendo mais vantagem alguma em repor o PC.
    As funcionalidades, as apps e o sistema robusto, elegante e estável do Mac superam e muito as dores de cabeça com as versões de windows, as limitações de memória, a vulnerabilidade contra vírus, tudo isso faz com que o Mac seja um ambiente ideal para trabalhos gráficos pesados.
    Junto com o Mac, veio a imposição, Corel no more. Sendo que não há versões de Corel pra Mac, o jeito foi me virar com o Illustrator, o que está sendo muito penoso, pois o vício no Corel não está deixando minha cabeça livre pra nova plataforma, o que está me incomodando bastante. O Corel é muito superior no quesito de traçado e vetorização, prático mesmo, mas na hora de montar uma peça publicitária é rezar pra bagaça não travar no meio do caminho, e mais que isso, rezar pra ele não estragar o que foi salvo até o momento que travou, pois já perdi trabalhos salvos e que foram corrompidos por causa do travamento durante a edição. Isso é gravíssimo.
    Agora eu decidi aprender Illustrator, e é por isso que vim para no seu blog. Espero conseguir dominar o suficiente pra fazer o que fazia no Corel, já tá de bom tamanho.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...