segunda-feira, 13 de junho de 2011

4º Design Show


No sábado fui com meu querido marido ao 4º Design Show. Teve palestra com o Gustavo Piqueira da Casa Rex, com os meninos da VORKO e o Nate Williams.


A primeira palestra do Gustavo Piqueira foi como se esperava: ótima.

Para mim, o ponto principal que ele abordou é que não necessariamente o design precisa de explicação, ele é o que é. (Será que nós designers somos as vezes pretensiosos demais?)

Falou também sobre referências, que eu achei interessante. Lá na Casa Rex eles procuram não usar referências, pelo menos não as obvias. Qualquer coisa cotidiana pode ser uma referência, basta você ter uma mente aberta para perceber isso, e claro criatividade!



Os meninos da VORKO, Daniel, Lucas e Mathes, (meus conterrâneos) achei que se perderam um pouco no que falavam. Algumas coisas eram desnecessárias de dizer... outras acabavam por desmerecer o trabalho deles...

Na minha opinião faltou conteúdo, faltou eles planejarem melhor a palestra. Alias, planejamento e organização não é o forte deles. 

Mas, claro que eles fazem trabalhos muito bons. O trabalho da casa de papel ficou incrível, super detalhado e bem feito.


O último foi o N8 Williams. Um cara que tinha um ótimo cargo de diretor de arte na Microsoft, e trabalhava a beça. Até que um dia ele repensou suas prioridades, saiu da Microsoft, mudou para a America do Sul e passou a viver de ilustrador. Sua inspiração principal é seu filho.

Ele falou do ilustrador desenvolver um estilo único, que pensando nisso depois, não poda seu trabalho, pelo contrário, o torna único. Faz as pessoas te contratarem porque querem o seu traço, e não outro.

Outra coisa interessante é que ele diz manter uma biblioteca de ideias, que podem ser desenhos, ideias escritas, e outras coisas que não valem a pena ser perdidas ou esquecidas, pois podem ser colocadas em prática em outra ocasião ou ajudar na execução de algum trabalho.

Ele falou também uma coisa muito útil sobre os trabalhos pessoais que fazemos, por exemplo uma ilustração qualquer que você tenha feito só por fazer. Quando ele tem ideia de fazer algum desenho, ele já pensa comercialmente onde essa ideia poderia ser aplicada, e faz o desenho seguindo esse perfil, assim sua ilustração tem mais chances de ser vista e aplicada em algum projeto real.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...